O País – A verdade como notícia

Coronavírus agravou-se na cidade e província de Maputo entre Agosto e Setembro

Em um mês, as mortes por COVID-19 triplicaram na cidade de Maputo e o número de infectados também quase triplicou. Na província de Maputo, a situação foi idêntica. Veja, a seguir, em números, a tendência da doença na cidade e província de Maputo, de 19 de Agosto a 19 Setembro. Aliás, o Governo diz que o cumprimento das medidas de prevenção é fraco nestas duas parcelas do país.

Na última quinta-feira, o Presidente da República reuniu com a Comissão Tecnico-Científica e os membros do Executivo para analisar a situação da pandemia do novo Coronavírus no país, tendo concluído que a prevenção da doença na cidade e província de Maputo é fraca. Os números relacionados com o vírus nestes dois pontos, próximos um do outro, parecem provar isso.

No dia 19 de Agosto, Moçambique registava um total de 3.045 pessoas com COVID-19. Volvido um mês, há 6.537 infectados, dos quais 3.888 na cidade e província de Maputo. Aliás, deste último número, só a capital do país tem um cumulativo de 2.752.

A 19 de Agosto, havia igualmente, em todos o país, 1.733 casos activos. Passado um mês, o total é de 2.872, dos quais o grosso é da cidade de Maputo (1.769). Por outras palavras, em um mês, mais 1.139 pessoas engrossaram a lista de pessoas com o vírus.

O número de internados também aumentou de 64 para 153, mais que o dobro, no período em análise.

Felizmente, em meio a este mal, mais pessoas infectadas ficam curadas a cada dia que passa, o que pode ser um estímulo para quem está hospitalizado e a lutar pela vida por causa deste vírus que não conhece fronteiras. No período em análise, Moçambique passou de 1.291 recuperados para 3.620. Ou seja, mais 2.329.

Vamos por partes.

 

CIDADE DE MAPUTO
A 19 de Agosto, a capital moçambicana tinha um cumulativo de 934 casos do novo Coronavírus. O número quase triplicou. Com 2.802 infectados, Maputo é a cidade que mais consta dos comunicados diários do Ministério da Saúde.

Maputo é também a urbe de que mais se fala quando o assunto é COVID-19. Não é à toa: de sete mortes passou para 24, num total de 41 no país (Cabo Delgado, Nampula, Zambézia, Tete, Manica, Sofala, Gaza e província de Maputo).

Em relação aos recuperados, a metrópole passou de apenas 196 para 782, o que também aumenta a esperança de quem ainda é vítima do Coronavírus.

Contudo, os casos activos sobem diariamente, porque os infectados também crescem às dezenas ou centenas.


PROVÍNCIA DE MAPUTO

Nesta parcela do país não havia morte por Coronavírus, até 19 de Agosto. Passado um mês, três pessoas não resiatiram à doenca.

No que aos infectados diz respeito, a província de Maputo passou de 550 para 1.136 em um mês. Em igual período, os casos activos aumentaram de 313 para 440. À semelhança da cidade de Maputo, a província regista cada vez mais casos positivos.

Um aspecto positivo, na província de Maputo, tem a ver com o número de recuperados, que subiu de 216 para 864, de 19 de Agosto a 19 de Setembro.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos