O País – A verdade como notícia

Coral-Sul: Eni monta último módulo de produção de gás

A petrolífera italiana, Eni, anunciou a montagem do último dos 13 módulos de produção para o projecto Coral-Sul FLNG, o primeiro dos três grandes empreendimentos de Gás Natural Liquefeito que vai arrancar com a produção de hidrocarbonetos em 2022, na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado.

Em construção no estaleiro naval da Samsung Heavy Industries, na Coreia do Sul, a montagem, que marca o fim da campanha de fabricação dos módulos onshore (em terra) que compõem toda a planta de tratamento e liquefacção de gás, está dentro do cronograma e em linha com a saída da plataforma do estaleiro prevista para 2021 e início da produção de gás em 2022.

Em comunicado enviado à nossa Redacção, a Eni indica que as 70 mil toneladas dos módulos de produção foram colocadas sob o casco, um módulo por vez, e agora estão completas. No entanto, a construção continua com as actividades de integração e comissionamento.

“Esta é uma grande conquista para os parceiros da Área 4, em meio a todas as dificuldades impostas pela pandemia da COVID-19, e confirma nosso compromisso com o desenvolvimento bem-sucedido do projecto Coral-Sul”, afirmou Roberto Dall’Omo, director-geral da Eni Rovuma Basin.

A construção do casco e dos módulos de produção da Coral-Sul FLNG iniciou em Setembro de 2019. O casco foi lançado em Janeiro de 2020 e, a este marco, seguiu-se a montagem do primeiro módulo de produção em Maio de 2020.

O trabalho está a ser realizado no estaleiro naval da Samsung Heavy Industries na Coreia do Sul. A Coral-Sul FLNG é a primeira plataforma flutuante de gás natural liquefeito em águas profundas construída à nível mundial.

Com uma capacidade de produção de 3,4 milhões de toneladas de gás liquefeito por ano, estará localizada na costa de Moçambique e irá produzir consideráveis recursos do campo de gás Coral na Área 4 da Bacia do Rovuma.

O plano de conteúdo local da Eni, oferece oportunidade de formação e emprego em Moçambique e no estrangeiro, confirmando o compromisso contínuo dos parceiros da Área 4 com o desenvolvimento sustentável e de longo prazo do país.

O Projecto Coral-Sul é operado pela Eni Rovuma Basin em nome dos parceiros da Área 4, nomeadamente a Mozambique Rovuma Venture (MRV, uma joint venture incorporada detida pela Eni, ExxonMobil e CNPC), Galp, KOGAS e Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH).

Este projecto baseia-se em seis poços em águas ultraprofundas no Campo de Coral, a uma profundidade de água de cerca de 2.000 metros, que fornecem gás à Coral-Sul FLNG através de um sistema totalmente flexível.

O campo Coral tem aproximadamente 16 triliões de pés cúbicos de gás e foi descoberto pela Eni em Maio de 2012.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos