O País – A verdade como notícia

“Conversa para enganar o tempo”

O Centro Cultural Brasil Moçambique (CCBM) apresentou, esta terça-feira, o projecto "Conversa para enganar o tempo" que teve como primeiro convidado o compositor e intérprete Roberto Chitsondzo.

O centro cultural Brasil Moçambique esteve repleto de pessoas, na sua maioria de jovens, que se mostraram verdadeiros admiradores de Roberto Chitsondzo, vocalista da banda Ghorwane, figura que inaugurou o projecto " Conversa para enganar o tempo".

Trata-se de uma proposta artístico-cultural para a cidade de Maputo que passará a promover conversas informais entre figuras da sociedade moçambicana, incluindo artistas, políticos e desportistas que teêm “estórias” para contar.

O músico convidado para abrir as portas do  “conversa para enganar o tempo”, Roberto Chitsondzo, é dono de uma voz que se impõe há mais de 30 anos na música moçambicana. Para ele, esta iniciativa vai aproximar mais os artistas dos seus fãs.

Este projecto é uma nova forma de viver a arte, num ambiente descontraído que nos remete as conversas à volta da lareira do nosso “Nkaringana wa Nkaringana”, sem idade e sem fronteiras e quase sem assunto, só para não deixar que o tempo nos engane.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos