O País – A verdade como notícia

Continua interrompida circulação ferroviária na linha Beira-Machipanda em Manica 

Continua interrompida a circulação de comboios na linha Beira-Machipanda na sequência do descarrilamento de um comboio na manhã desta quarta-feira envolvendo uma locomotiva da empresa Caminhos de Ferro em Moçambique (CFM), em Manica. 

A empresa CFM, que diz estar a acumular enormes prejuízos, garante a reposição da via até amanhã.

“Há uma grua que está a entrar agora de 50 toneladas. Isto vai permitir a retirada desses vagões e contentores que estão neste local e assim podemos acelerar com os trabalhos. A nossa previsão é, até amanhã as 12 horas termos a linha aberta”, afirmou o director ferroviário dos CFM-Centro, Boaventura Mahave. 

No terreno, homens continuam a trabalhar para garantir a reabertura da linha férrea obstruída na região de Belas em Vandúzi. 

“Não vamos interromper, vamos trabalhar toda noite. Temos ainda um desaparecido aqui, teremos que trabalhar com muita cautela para encontrar o corpo”, assegurou o director. 

Três mortos, nove feridos graves e seis desaparecidos foi o resultado preliminar do acidente. Dos nove feridos que deram entrada no Hospital Provincial de Chimoio, um teve que ser evacuado para o Hospital central da Beira.

“Dos nove pacientes, três tiveram alta esta manhã e um transferimos para Beira, um paciente grave, com traumatismo da coluna cervical e temos um paciente ainda grave que permanece na reanimação. Os restantes estão estáveis internados na enfermaria de cirurgia”, esclareceu  Lara de Melo, médica do Hospital Provincial de Chimoio. 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos