O País – A verdade como notícia

Consórcio da Área 4 quer construir quartéis do exército e da polícia na área de concessão

O consórcio que explora gás natural na Área 4 da Bacia do Rovuma, norte de Moçambique, quer construir quartéis do exército e da polícia para salvaguardar seus interesses na área de concessão.

Quando faltam poucos anos para o início da produção do Gás Natural Liquefeito na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado, os insurgentes intensificam os ataques neste ponto do país, muito rico em hidrocarbonetos.

Diante desta ameaça constante, o consórcio da Área 4 da Bacia do Rovuma, liderado pela norte-americana ExxonMobil, anunciou esta sexta-feira, que pretende contratar empresas para construção de quartéis do exército e da polícia em dois locais na península de Afungi.

11 de Outubro é o prazo limite para a submissão das propostas, segundo anúncio público do consórcio da Área 4, consultado pelo "O País".

Além de locais de acomodação para o pessoal do exército, o anúncio inclui a construção de casas para oficiais e comandantes, depósito de armas, oficina para a manutenção de veículos blindados e armazém.

Refira-se, que os operadores deste bloco offshore, adiaram a Decisão Final de Investimento para finais deste ano.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos