O País – A verdade como notícia

Conselho Islâmico distancia-se dos ataques de Mocímboa da Praia

O presidente do Conselho Islâmico de Moçambique, Sheik Aminudin Muhamad, que está na cidade da Beira em missão de serviço, distanciou-se dos ataques de Mocímboa da Praia, onde os autores têm sido apontados como radicais islâmicos, e pediu punição exemplar.

“A religião islâmica nada tem a ver com os acontecimentos de Mocímboa da Praia. (Os autores) são terroristas que não se identificam com a nossa religião. O Islamismo é uma religião pacífica e condena actos de terror. Distanciamo-nos deles e apelamos às autoridades para que se aplique contra eles a mais severa punição possível”, disse o líder.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos