O País – A verdade como notícia

Conflito entre China e EUA é “perigoso para o mundo”, diz Guterres

Foto: ISTOÉ

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou ontem que um conflito entre os Estados Unidos da América (EUA) e a China seria “perigoso para o mundo” e que, apesar das disparidades, há áreas onde podem ser alcançados acordos que levem à cooperação.

Segundo avançou Guterres, citado pelo Notícias ao Minuto, desde o início da pandemia da COVID-19, o líder tem mantido conversas com os dirigentes de ambos os países para o estabelecimento de um acordo, o que não tem sido muito frutífero.

“Mas, há uma área em que deveria haver uma cooperação efectiva, como é o caso das alterações climáticas, e há outras em que acredito que é necessária uma negociação séria”, defendeu António Guterres, para sair do cenário actual de dois países “totalmente” em confrontação, algo que é “perigoso para o mundo”, citou-o o órgão português.

António Guterres apelou ainda para que se evite “outra guerra fria”.

Falando sobre a pandemia global, em entrevista à CNN, Guterres disse estar preocupado com a divisão que existe entre países relativamente às vacinas, em vésperas da Assembleia Geral da ONU, que começa na segunda-feira e que previsivelmente terá entre os seus principais focos de interesse a resposta à pandemia da COVID-19.

“Temos duas divisões em relação às vacinas: a primeira [refere-se ao facto de que] o norte” tomou conta da sua população, “esquecendo-se do sul, e o sul acha que isso é terrivelmente injusto, o que aumenta a desconfiança em relação ao norte”, disse o dirigente, citado pelo Notícias ao Minuto.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos