O País – A verdade como notícia

Confissões religiosas oram pela Paz em Moçambique

As confissões religiosas dizem que os avanços alcançados nas conversações entre o Presidente da República e o líder da Renamo devem conduzir a uma paz efectiva. Concentradas hoje em Maputo, na Praça da Paz, sob o lema “Paz para Sempre”, as igrejas dizem que estão disponíveis a colaborar para o processo de pacificação.

Na praça, estiveram reunidos membros e dirigentes das principais confissões religiosas do país, partidos políticos e sociedade civil. A concentração tinha por objectivo saudar e orar pelos avanços alcançados pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, e pelo líder na Renamo, Afonso Dhlakama, rumo à Paz efectiva.

As igrejas dizem que a trégua sem limites é o princípio para a paz efectiva e apelam a um entendimento entre as lideranças das conversações.

Em nome do Governo, o titular que superintende a Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, saudou o comprometimento das confissões religiosas na busca pela paz. Isac Chande diz que já há ganhos visíveis do calar das armas.

A parada de oração pela paz é organizada duas semanas depois do anúncio, por Afonso Dhlakama, de uma trégua sem limites.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos