O País – A verdade como notícia

Conferência MOZEFO discute relações económicas entre Moçambique e RSA

Mais de 120 empresários sul-africanos e moçambicanos participaram hoje da segunda conferência internacional do MOZEFO em Sandton  na África do Sul.

O evento contou com a participação do ministro da Indústria e Comércio da África do Sul, Rob Davies que destacou no seu discurso os esforços dos dois países para facilitar os negócios. Falou de encontros entre os Chefes de Estado dos dois países que têm estado a adoptar medidas e políticas para facilitar a vida a investidores. Citou com a reunião da Comissão Mista que envolve alguns ministérios chaves na cooperação entre os dois países que identificou alguns acordos que devem ser actualizados, com destaque para o Acordo Comercial em vigor desde 2005 e que precisa de revisão para atender ao contexto actual e abranger novas áreas de cooperação comercial.

O ministro sul-africano disse ainda que o dois países devem acarinhar  o sector privado e essa era a razão da sua presença  conferência e enalteceu a iniciativa do Grupo Soico de ajudar a cimentar  as relações entre Moçambique e África do Sul. Reiterou o compromisso do seu país de apoiar a estratégia de industrialização da SADC  e por isso têm estado a convencer os industriais sul-africanos  a investir em países da região onde há oportunidades. É Moçambique não é excepção.

O PCA do grupo Soico  no seu discurso disse que o objectivo da conferência era mesmo mostrar as oportunidades que existem em Moçambique e melhorar os trocas comerciais, a cooperação e a solidariedade que sempre caracterizou as relações entre ambos países. Daniel David realçou o facto de Moçambique ser um pais com uma economia dinâmica e que procura diversificar a sua economia e com um quadro legal que protege e estimula o investimento estrangeiro.

Já o embaixador de Moçambique na África do Sul, Paulino Macaringue, agradeceu o esforço do Grupo Soico e disse que o governo moçambicano está a fazer de tudo para atrair cada vez mais investimentos e que está aberto para construir o futuro do país de mãos dadas com os parceiros sul-africanos.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos