O País – A verdade como notícia

Comerciantes que especulam preços na mira da INAE

A Inspeção Nacional das Actividades Económicas (INAE) diz que está a tomar medidas no sentido de penalizar os comerciantes que promovem a especulação de preços, principalmente durante a quadra festiva. A título de exemplo, no Mercado Grossista do Zimpeto um vendedor já lhe foi retirado a mercadoria.

No âmbito das inspecções desenvolvidas pelas brigadas da INAE, durante a semana do Natal constatou-se diversas irregularidades, sobretudo no sector do comércio.

De acordo com Rita Freitas, inspectora-geral da INAE, a instituição trabalha com os agentes económicos para sensibilizá-los sobre a importância de aplicar preços reais. Na maioria dos casos há comerciantes que cooperam. Entretanto houve caso de resistência no Mercado Grossista de Zimpeto, facto que culminou com a apreensão de mercadoria.

A fonte acrescentou que antes de se afirmar que um determinado agente económico está a especular preços, a inspecção do Ministério da Indústria e Comércio tem submetido os valores aplicados a uma fórmula de cálculo que define a margem estabelecida.

Para as compras de Fim de Ano, a INAE colocou uma equipa de inspecção permanente no Mercado Grossista do Zimpeto para garantir que não haja irregularidades.

Antes de qualquer penalização, “pautamos pela educação e sensibilização do agente económico no cumprimento das medidas, bem como no cumprimento dos preços de acordo com a margem máxima de lucros definida pelo Governo. Quando o agente económico não colabora, a INAE toma medidas”, disse Rita Freitas.

Além da especulação de preços, outras irregularidades foram constatadas, como bares e barracas com licença ilegais. Há ainda agentes do sector de restauração que teimam em prolongar a hora de fecho. Aliás, as licenças a que a inspectora-geral da INAE fez alusão são adquiridas junto do Balcão de Atendimento Único (BAU), acrescentou a entrevistada.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos