O País – A verdade como notícia

Comerciantes exigem devolução de mercadoria apreendida pela AT

Dezenas de comerciantes que importam produtos a partir da África do Sul “invadiram” a direcção das Alfândegas para protestar contra cobranças ilícitas e actos de corrupção supostamente praticados pelos alfandegários afectos à Direcção Nacional de Investigação e Informação.  

Para sustentar as suas queixas, os pequenos importadores apontam para a recente apreensão de cinco camiões com produtos importados da África do Sul. Além de repudiar o acto, eles dizem que todos os direitos fiscais foram pagos na fronteira de Ressano Garcia e não entendem os motivos da apreensão das suas mercadorias.

Diante da confusão que se instalou, o representante dos importadores, Sudecar Novela, teve que reunir com a Direcção das Alfândegas. No entanto, os importadores não aceitaram pagar dinheiro para recuperar sua mercadoria.

Já o porta – voz das Alfândegas não assume que a mercadoria apreendida seja contrabandeada, mas defende a verificação física da mesma para apurar a sua legalidade.

Até o momento que a nossa reportagem saiu do local, o representante dos pequenos importadores ainda estava reunido com a Direcção Nacional de Investigação e Informação das Alfândegas.  

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos