O País – A verdade como notícia

Comerciantes de hortícolas em Nicoadala resistem ao uso da máscara

Numa altura em que a província da Zambézia tem, nas suas estatísticas, um total de 22 óbitos, perto de 120 casos activos e oito internados por COVID-19, o uso de máscara continua a ser uma miragem nos mercados de venda de hortícolas, no distrito de Nicoadala.

O jornal “O País” interagiu com alguns comerciantes e cada um apresentou o seu argumento para justificar o não uso da máscara para prevenção da COVID-19.

Timóteo referiu que “sempre uso máscara. Hoje só não a usei, porque estou constipado e com febres”.

Para Manuel, comerciante de hortícolas que também não portava nenhuma máscara, acredita que só através de intervenção policial é que as pessoas podem ganhar consciência da importância da prevençao da COVID-19.

O não uso de máscaras persiste em muitos locais, sobretudo nas zonas do interior da Zambézia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos