O País – A verdade como notícia

Colapso de mina artesanal mata mais um mineiro em Cabo Delgado

Em menos de duas semanas, mais um mineiro morreu em consequência do desabamento de uma mina artesanal, no distrito de Montepuez, província de Cabo Delgado.

O primeiro incidente ocorreu no passado dia 27 de Julho. Já a segunda tragédia ocorreu na madrugada do dia 04 de Agosto e foi causada por desabamento de uma mina ilegal que estava em processo de escavação, dentro da concessão mineira da MRM, por quatro mineiros ilegais. A informação aponta que a mina desabou em condições climáticas normais e que um mineiro ilegal ficou preso no subsolo.

Segundo a nota de imprensa em que O País teve acesso, o corpo do residente do Posto Administrativo de Namanhumbir, de 28 anos, foi resgatado e confirmada a morte pelas autoridades presentes.

“Refira-se que, em Fevereiro de 2020, o indivíduo ora perecido aguardava julgamento na esquadra de Montepuez, por alegadas actividades mineiras ilegais na MRM. O incidente foi levado ao conhecimento das autoridades, tanto a nível provincial como nacional, na esperança de que uma acção proactiva seja tomada, mais assertivamente, contra o financiamento, facilitação e encorajamento dos grupos de comércio ilegal de rubis moçambicanos, que privam Moçambique, seus cidadãos, assim como o Governo das receitas fiscais provenientes dos recursos minerais”, lê-se na nota de imprensa.

Os dois mineiros ilegais eram provenientes da província de Nampula.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos