O País – A verdade como notícia

CNE pondera reajustar despesas por falta de fundos para autárquicas de 2023

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) diz que terá de reajustar as despesas das eleições autárquicas devido à falta de dinheiro. A CNE tem um défice de mais de dois mil milhões de Meticais para o escrutínio.

O orçamento para a realização das eleições autárquicas é de 3,2 mil milhões de Meticais, no entanto a CNE tem apenas mil milhões de Meticais. Caso não consiga ter todo o valor necessário para o escrutínio, marcado para Outubro de 2023, a instituição já equaciona alternativas.

“A situação de crises financeiras pode ser minimizada com a consciência própria dos cidadãos moçambicanos e das instituições, no sentido de cortar despesas que podem ser eliminadas, mas as despesas básicas que devem ser realizadas”, defendeu o presidente da CNE, Carlos Matsinhe.

Dado o défice, o Governo está, neste momento, a angariar fundos junto dos parceiros.

“Nós acreditamos que o Governo vai esforçar-se para criar condições próprias para suprir o défice e estamos a trabalhar com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, de maneira a angariar o valor necessário para as despesas”, explicou Carlos Matsinhe.

Durante a abertura da sessão de auscultação aos partidos políticos, Matsinhe esclareceu que “90 por cento dos equipamentos usados no pleito eleitoral são importados e encomendados de outros países, o que condiciona a chegada dos materiais, podendo levar até 16 semanas”.

Por isso, a CNE “precisa que haja preparação e organização atempada de todo o material e equipamento para que se faça a testagem”.

Em relação à fiscalização prévia dos materiais usados neste processo, os partidos políticos presentes no encontro de auscultação realizado pela CNE, na Cidade de Maputo, apontam para a necessidade de escrutinar a inspecção, de maneira que não haja dúvidas sobre a eficácia dos equipamentos.

O presidente da CNE falava, esta quinta-feira, após o segundo encontro de auscultação aos partidos políticos sobre as eleições autárquicas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos