O País – A verdade como notícia

CNE adia recenseamento piloto para data a anunciar

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) decidiu adiar o recenseamento piloto que arrancava esta semana para uma data ainda a anunciar. Justifica que na sequência do assassinato do edil de Nampula e consequente marcação de eleições intercalares, razões logísticas impedem a CNE de iniciar esta semana com o recenseamento eleitoral piloto.

“No âmbito da preparação das Eleições Autárquicas de 10 de Outubro de 2018, a Comissão Nacional de Eleições definiu o período de 06 a 30 de Novembro de 2017 para a realização do Recenseamento Eleitoral Piloto, com vista a testar e a melhorar o desempenho dos equipamentos que servirão para o Recenseamento Eleitoral 2018. Ao mesmo tempo, com a declaração da incapacidade permanente do Edil do Conselho Municipal da Cidade de Nampula, por morte, o Governo determinou a realização de Eleição Intercalar naquele ponto do país.

Com efeito, por motivos Técnicos e logísticos, conjugados com os factores acima mencionados, a CNE vem por este meio comunicar a alteração da data de início do Recenseamento Eleitoral Piloto, passando para uma data a anunciar muito em breve”, diz o comunicado da CNE.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos