O País – A verdade como notícia

Clubes do Moçambola continuam a reforçar-se a contento

Fotos: Ferroviário de Nampula

Ferroviário de Nampula e Associação Desportiva de Songo são duas equipas que têm mostrado as contratações que vêm fazendo para a presente temporada futebolística. Os “Axinenes” já anunciaram mais de dez reforços.

Campeão nacional de 2004 e vencedor da Taça de Moçambique em 2005, o Ferroviário de Nampula quer recuperar o pódio e voltar a erguer os títulos nacionais, nas principais provas do futebol moçambicano.

É com esta ambição que os “Axinenes” foram ao mercado buscar vários jogadores para reforçarem o seu plantel, tendo apresentado mais de dez reforços de peso, que já estão sob comando de Nelson Santos.

A mais forte contratação é do Mamba Isac de Carvalho, ex-jogador e capitão do Costa do Sol, durante muitos anos. Isac já foi melhor marcador do Moçambola em 2017, Isac é um reforço de peso para Nelson Santos, que inclusive já orientou o treinador nesse ano, aquando da sua passagem pelos “canarinhos”.

Também Mário Sinamunda é aposta de Nelson Santos para esta temporada. Jogador que foi treinador pelo técnico luso no Ferroviário de Maputo, em 2018, Super Mário esteve ligado aos “locomotivas” de Chiveve nas duas últimas temporadas, tendo sido dispensado por Widson Nyirenda, regressado ao futebol moçambicano depois de ter saído para treinar a selecção da Zâmbia.

O Ferroviário de Nampula considera Mário Sinamunda um avançado muito móvel e com presença na área dos adversários, com muita capacidade de finalização. Uma dupla com Isac de Carvalho para a frente do ataque dos “Axinenes”.

Tony, ex-jogador da União Desportiva de Songo, é outro jogador apresentado como reforço do Ferroviário de Nampula para a presente temporada. Com um contrato de uma época, Tony é um jogador que actua na defensiva, versátil e muito forte no frente a frente.

Também da União Desportiva de Songo chega o extremo Zequito, jogador com muita garra e forte nas transições ofensivas dentro das quatro linhas, que esteve nos “hidreoeléctricos” durante duas temporadas.

Zequito assume que é “uma honra representar o Clube Ferroviário de Nampula” e que “este ano, almejo contribuir para o alcance dos objectivos do clube e ser campeão”.

Ao comando de Nelson Santos, o Ferroviário de Nampula já anunciou e apresentou Abú Jamal Juma, mais conhecido por Abú, para a presente época.

Abú é um guarda-redes jovem de extrema qualidade e com muita margem de progressão.

Já Zainal Mucate marca o regresso ao Ferroviário de Nampula, depois de ter passado alguma temporada no homónimo da Beira, além de Hilário Sampaio, que também assinou por uma temporada, depois de ter estado no Costa do Sol e Associação Desportiva de Vilankulo.

Os “Axinenes” resgataram ainda Massaua Sagual, que esteve ligado ao Ferroviário de Nacala desde 2017, atleta com quem foi celebrado um contrato válido por uma época.

Massaua, carinhosamente chamado como King Sawito, é produto da formação do clube da capital do norte e destaca-se pela sua incomparável velocidade e drible aos oponentes. O jogador mostrou-se satisfeito pelo regresso à casa, tendo assumido que “é um regresso que já devia ter acontecido faz tempo, porque esta é a casa que me viu nascer”.

Além destes jogadores, outros já tinham sido apresentados, com destaque para Telinho, um reforço de peso, não fosse experiente e com passagens pelo Costa do Sol, União Desportiva de Songo e Liga Desportiva de Maputo.

 

VILANKULO TAMBÉM COM AMBIÇÕES ELEVADAS

Por seu turno, a Associação Desportiva de Vilankulo também abriu as portas com ambições claras de terminar o Moçambola 2022 nos lugares cimeiros e chegar o mais longe possível à Taça de Moçambique.

Sob comando de Eurico da Conceição, técnico que foi aposta da direcção para esta temporada, os jogadores já afinam a máquina rumo às competições nacionais, a começar pelo Campeonato Provincial.

Eurico da Conceição que, ano passado substituiu Victor Mayamba, do comando técnico da colectividade, renovou com os “hidrocarbonetos” até ao final da temporada e tem como objectivo formar uma equipa jovem e competitiva, com vista a alcançar os objectivos traçados pela direcção para a presente época futebolística, e será coadjuvado por António Uamba, jovem treinador conhecedor da casa, e ainda terá Artur Romão, como preparador físico, e Rodrigo Gulube, treinador de guarda-redes.

Recordar que, para esta temporada futebolística, a ADV apresentou dez jogadores como reforços, nomeadamente os guarda-redes Pedó (ex-UD Songo) e Pinto (Ex-Costa do Sol), os defesas Lério (Ex-Desp. Maputo), Sadam (Ex-Fer. Nampula), Milagre (Ex-Incomáti), Michel (Ex-Liga Desportiva de Maputo), Gaspar (Ex-Costa do Sol), Eduardo (Ex-Chingale de Tete) e Eládio (Ex-Liga Desportiva de Maputo), os médios Amisse (Ex-Incomáti), Shiraz (Ex-Black Bulls) e Stambo (Ex-Textáfrica de Chimoio).

Já o Incomáti de Xinavane foi ao Ferroviário de Nampula buscar João Maposse, que marca, assim, o regresso ao canavial. O polivalente jogador, também conhecido por Essien, pode actuar como médio ou defesa direito e também como trinco.

Além de Essien, os “Açucareiros” asseguraram a contratação de Manuel, que também regressa após a passagem de uma época pelo Ferroviário de Nampula. Manuel já jogou também pelo Maxaquene onde foi formado, Ferroviário de Inhambane e Associação Desportiva de Macuácua.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos