O País – A verdade como notícia

Cinco pessoas morreram no primeiro dia do ano no HCM

Pelo menos cinco pessoas morreram, quatro das quais por acidente de viação, e outra por COVID-19, nas últimas 24 horas no Hospital Central de Maputo (HCM).

As quatro vítimas de acidente de viação deram entrada no maior hospital do país em estado “muito grave e com múltiplas lesões no corpo”, o que segundo as autoridades sanitárias terão contribuído para a morte.

A informação foi avançada este sábado pela directora dos serviços de urgência no HCM, Madalena Manjate, em conferência de imprensa, no âmbito do balanço do primeiro dia do ano 2021.

A médica fez saber também que em 24 horas, deram entrada na unidade sanitária 201 pacientes, sendo 91 com ferimentos.

“Das vítimas de trauma, as principais causas foram quedas, acidentes de viação e agressões [físicas]. Tivemos de operar de urgência quatro doentes por lesões que causaram sangramento dentro da barriga, três para retirada de corpos estranhos [no seu organismo], quatro para fixação de fracturas expostas e um por apendicite aguda”, avançou.

No mesmo período, foram diagnosticados cinco casos do novo Coronavírus no HCM, quatro em estado moderado a grave e um crítico, o que resultou em morte.

Outros sete pacientes deram entrada no HCM devido à intoxicação alimentar. Segundo esclarece Madalena Manjate, os pacientes já tiveram alta médica.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos