O País – A verdade como notícia

Cidade de Maputo prevê vacinar 15 mil animais

A Cidade de Maputo prevê vacinar perto de 15 mil cães e gatos contra a raiva, este ano. Porém, a COVID-19 poderá condicionar processo.

A informação foi avançada pelo médico veterinário do departamento de pecuária da cidade de Maputo, Nóe Chicaute,   durante o programa Manhã Informativa, da STV.

Nas zonas urbanas, o gato e o cão têm sido vectores da raiva e facilmente transmitem ao Homem visto que são animais domésticos.

Caso o ser humano seja mordido ou arranhado por animais com raiva, pode, em situações graves, perder a vida. Só no primeiro semestre de 2019, 16 pessoas morreram vítimas de raiva no país.

Por isso, o Município de Maputo prevê, para este ano, vacinar perto de 15 mil cães e gatos para evitar a propagação da doença.

“Este ano, a nossa meta é de 15 mil, mas temos planos mais ambiciosos, ter maior cobertura vacinal e prevemos crescer em termos de cobertura nacional”, disse Nóe Chicaute.

Segundo o médico veterinário no departamento de pecuária da Cidade de Maputo, a COVID-19 pode condicionar o processo, uma vez que não tinha sido prevista a situação, mas já estão a ser traçados planos para reverter o impacto da doença.

“A princípio pensamos em reforçar a nossa brigada de vacinação, assim como aumentar os postos. Este ano, vamos ainda aumentar os dias de vacinação de um para três dias em cada bairro”, disse a fonte para acrescentar que em coordenação com os chefes do quarteirão e secretários dos bairros serão identificadas zonas de maior afluxo de cães e gatos para serem afixadas brigadas de forma recorrente, durante a campanha”.

Em 2019, foram vacinados no país mais de 11 mil cães e gatos, o início da campanha está prevista para Setembro corrente.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos