O País – A verdade como notícia

Cidadãos marcham em repúdio aos acidentes de viação

Dezenas de pessoas marcharam, hoje, na cidade de Maputo, em apelo à responsabilidade dos automobilistas e peões nas estradas nacionais de forma a reduzir-se os acidentes de viação que tem causado morte.

No mês passado, cerca de trinta pessoas morreram em acidentes de viação envolvendo, sobretudo, transportes interprovinciais de passageiros em Inhambane e Maputo.

É neste contexto que dezenas de cidadãos saíram à rua este sábado para manifestar a sua preocupação com o elevado índice de acidentes de viação que estão a ceifar vidas humanas nas estradas do país, bem como a causar danos matérias.

Na ocasião, apelaram aos automobilistas e peões a observarem estritamente as regras de trânsito.

Os participantes defendem ainda a necessidade de maior envolvimento das pessoas na sensibilização contra a sinistralidade rodoviária.

A marcha, que contou com participação de membros da sociedade civil e algumas empresas, desembocou no Circuito de Manutenção Física António Repinga, local onde foi realizada uma feira de saúde.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos