O País – A verdade como notícia

Chuvas e ventos fortes atingem a costa sul da China

O tufão Mangkhut que castigou com violência o arquipélago das Filipinas, deixando pelo menos oito mortos e forçando milhares de pessoas a deixar as casas, atinge a costa sul da China.
As autoridades dizem que o tufão produziu rajadas de 160 quilómetros por hora.

A maioria das lojas e serviços públicos está fechada, e mais de 800 vôos foram cancelados no Aeroporto Internacional de Hong Kong – afetando mais de 100.000 passageiros. Tanto em Macau como em Hong Kong os estabelecimentos ficaram sem mantimentos. Os residentes das duas Regiões Administrativas Especiais chinesas já preparavam-se para dias muito complicados.

Mais de 100 pessoas ficaram feridas quando a tempestade atingiu Hong Kong. E há notificacaoes de deslizamento de terra. Mangkhut perdeu o poder quando atingiu a terra, mas é considerada a tempestade mais forte de 2018.

Nem todos prestaram atenção aos avisos, no entanto. "Eu corri esta manhã. Adoro ar fresco e não há ninguém nas ruas, nem carros. Em dias normais, não podemos ver isso", disse Hao Chen, residente de Hong Kong, à BBC news.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos