O País – A verdade como notícia

Chuva destrói três pontes em Cabo Delgado

Em Cabo Delgado, três pontes ficaram destruídas e outras correm o risco de desabar em consequências das chuvas que têm estado a cair intensamente na província, desde o princípio deste ano.

Segundo confirmou o delegado provincial da Administração Nacional de Estradas, Robat Jane,  uma das infra-estruturas foi arrastada pelas águas do rio Montepuez, na via que liga os distritos de Metuge a Quissanga, outra no rio Mwiriti, entre Mueda e Montepuez, e a terceira no rio Mingonha que dá acesso a Meluco, onde também foram arrastados dois aquedutos que deixaram o distrito isolado do resto da província.

O rio Megaruma, de acordo com a fonte, também transbordou e deixou uma ponte submersa no distrito de Mecufi, e ainda não soa conhecidos os danos causados nas infra-estruturas, mas a via que dá acesso ao vizinho distrito de Chiure ficou intransitável.

Actualmente, decorrem obras com vista a reabertura de algumas vias, no entanto, a  ANE em Cabo Delgado, está preocupada com uma outra ponte localizada na estrada que parte de Macomia  sede ao Posto Administrativo de Mucujo, que poderá desabar a qualquer momento, devido ao aumento do caudal do rio Muagamula.

Quanto à baixa do rio Messalo, cujo o caudal tende a subir devido às intensas chuvas que têm estado  a cair na província de Niassa, a delegado provincial  da ANE garante não haver risco de corte da via, onde foram instaladas algumas pontes metálicas provisórias, devido às obras de construção de novas pontes de betão, em substituição das antigas que tinham mais de 60 anos.

Para Robat Jane, a situação é crítica nas principais vias de acesso, mas o problema é grave nas zonas recônditas da província, onde, actualmente, já não se pode chegar de viaturas devido ao aumento de caudas dos rios, que se apresentam com fortes correntes de água.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos