O País – A verdade como notícia

Chissano entende que Páscoa é um momento de renovação de esperança dos moçambicanos

O antigo Presidente da República, Joaquim Chissano, defende que a celebração da Páscoa é um momento de esperanças dos moçambicanos depois das calamidades que afectaram o país. Para Chissano, a celebração deve servir para repudiar todo o tipo de violência na sociedade. 

“Queria aproveitar esta ocasião para felicitar todos moçambicanos por esta data. Para nós, a Páscoa significa nascer de novo. Nós tivemos um período calamitoso, em que todos estávamos tristes, cheios de desespero. Espero que esta Páscoa sirva para o reavivar das nossas forças, para recuperarmos as nossas actividades, económicas socias, religiosas, políticas dentro do ambiente que a Páscoa nos inspira. Que é o amor, a reconciliação”, disse, esta manhã, o antigo Presidente da República, sublinhando estar convicto em relação à paz no país: “penso que não há razão de qualquer recuo, já há muito que estou convencido nisso”.

De acordo com Joaquim Chissano, a maneira como o povo agiu durante e depois do ciclone Idai e das inundações mostra que os moçambicanos não podem consentir que haja outro tipo de calamidade provocada pelos homens.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos