O País – A verdade como notícia

China tomará medidas ‘energéticas’ contra taxas aduaneiras impostas pelos EUA

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou impor taxas alfandegárias de 10 por cento sobre importações chinesas que ascendem a 200 mil milhões de dólares. Na sequência dessa ameaça a China denunciou a chantagem e prometeu tomar medidas energéticas.  

"Se os Estados Unidos perdem o bom senso e publicam uma lista de produtos visados, a China ver-se-á na obrigação de adoptar uma combinação de medidas quantitativas e qualitativas em forma de enérgicas represálias", indicou o Ministério do Comércio chinês, segundo o Notícias ao Minuto.

Trump diz que foram tomadas essas medidas para encorajar a China a mudar as suas práticas injustas e abrir seu mercado aos bens norte-americanos.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos