O País – A verdade como notícia

China presta homenagem às vítimas da COVID-19

O dia de homenagem as vítimas da COVID-19 na China coincide com o início do festival anual de limpeza de túmulos numa altura em que milhões de famílias chinesas prestam homenagem aos seus antepassados.

Às 10h locais o país observou três minutos de silêncio para lamentar aqueles que morreram vítimas do novo coronavírus, incluindo trabalhadores da linha de frente e médicos.

De acordo com dados Comissão Chinesa de Saúde, mais de 3.300 pessoas morreram na China continental devido a pandemia, que surgiu na província central de Hubei no final do ano passado.

Para assinalar histórico, governos locais optaram por sistemas online de limpeza de túmulos para permitir que as pessoas prestem homenagem a mártires revolucionários em casa, durante o Festival de Qingming e evitem se reunir em meio à pandemia do COVID-19.

Na cidade de Weinan, província de Shaanxi, noroeste da China, um pequeno grupo de veteranos, autoridades locais e residentes locais prestaram homenagem aos mártires, sexta-feira, em nome de todas as pessoas locais.

No município de Tianjin, no norte da China, as autoridades locais e o cemitério dos mártires começaram em conjunto um evento on-line de limpeza, para que os moradores locais possam depositar flores e solicitar que suas palavras sejam escritas em cartões e penduradas em uma árvore no cemitério.

Enquanto o pior fica para trás na China, o vírus já se espalhou para todos os cantos do mundo desde janeiro, adoecendo mais de um milhão de pessoas e provocando a morte de mais de 55.000.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos