O País – A verdade como notícia

Chefe do Estado-Maior da Força de Defesa Popular da Tanzânia visita SAMIM em Cabo Delgado

Foto: SAMIM

O Chefe do Estado-Maior, Força de Defesa Popular da Tanzânia (TPDF), Tenente-General Matthew Edward Mkingule, visitou, a 24 de Janeiro de 2022, as forças SAMIM destacadas na província de Cabo Delgado.

Durante um dia, o General, acompanhado pelo Pessoal Superior da TPDF, foi informado sobre os sucessos operacionais alcançados pela SAMIM desde o seu lançamento em Julho último. A Tanzânia, junto do Botswana, Lesotho e República da África do Sul, destacaram as suas forças na província de Cabo Delgado, para combater o terrorismo orquestrado por Al Sunnah wa Jama’ah (ASWJ).

Entre outros, o TPDF também destacou uma equipa médica na área da missão e, segundo o General Mkingule, a sua Força de Defesa irá aumentar as suas tropas existentes na área da missão para colmatar lacunas operacionais.

Mkingule elogiou o Comandante da Força da SAMIM, o Major-General Xolani Mankayi e o seu Estado-Maior, por terem feito grandes progressos na consecução do estado final, apesar dos desafios que são sempre inerentes à luta numa guerra não convencional.

“Apreciamos os seus esforços em fazer um trabalho tão louvável. Os desafios estão sempre presentes, mas ainda temos de lutar e vencer a guerra. A segurança de Moçambique faz parte da nossa segurança”, declarou Mkingule.

Numa nota sombria, o General prestou homenagem aos heróis caídos e aos feridos no cumprimento do dever.

Mkingule e a sua delegação fizeram um apelo de cortesia ao Chefe da Missão, Professor Mpho Molomo, e foram levados a fazer uma visita guiada a algumas instalações dentro da área da missão. Visitou ainda a aldeia de Nangade, onde a República Unida da Tanzânia e o Reino do Lesotho estão destacados.

Entretanto, o Comandante das Forças de Segurança do Ruanda, destacado na província de Cabo Delgado, Major-General Innocent Kabandana, no mesmo dia, visitou o Quartel-General da SAMIM, para solidificar a cooperação e coordenação existentes entre as forças na área operacional. Os Comandantes corroboraram em procurar um terreno comum para combater o terrorismo.

A SAMIM gostaria de assegurar ao povo de Moçambique e da SADC um compromisso colectivo para alcançar um Cabo Delgado pacífico, estável e seguro, bem como a todo o país de Moçambique.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos