O País – A verdade como notícia

Chakwera retira poderes ao vice-presidente por corrupção

O Presidente do Maláui, Lazarus Chakwera, retirou todos os poderes ao seu vice-presidente e suspendeu o chefe do gabinete da Câmara dos Representantes e do chefe da polícia pelo suposto envolvimento em casos de corrupção.

De acordo com a Lusa, citada pelo Notícias ao Minuto, Lazarus Chakwera só não suspendeu Saulos Chilima, do cargo de vice-presidente, porque “a Constituição não permite porque ele está nessa posição por vontade dos eleitores do Malawi, e isso é algo que vou respeitar”. “O melhor que posso fazer é (…) esperar que a justiça corrobore as acusações contra ele”, acrescentou disse Chakwera.

A suspensão dos funcionários do Estado malawiano aconteceu depois da apresentação das conclusões de um relatório do Gabinete Anticorrupção, que apontava o empresário Zuneth Sattar, nascido no Malawi, mas residente no Reino Unido, como responsável pelo suborno de vários funcionários do Governo para obter contratos multimilionários.

De acordo com as conclusões do relatório, cinco empresas de Sattar receberam 16 contratos no valor de 150 milhões de dólares entre 2017 e 2021.

Chakwera disse que esses contratos violavam as leis de concessão e também tinham preços muito altos.

O relatório publicado, segundo escreve a Lusa, aponta outros 53 funcionários do Governo, também, envolvidos em casos de corrupção, entre eles militares, juízes, polícias e membros do Ministério da Justiça e o gabinete do Presidente.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos