O País – A verdade como notícia

Chakwera diz que SADC não se deve arrepender de ter respondido à ameaça terrorista em Moçambique

Na qualidade de Presidente do país anfitrião, Lazarus Chakwera, destacou na sua intervenção que a pandemia da COVID-19 afectou negativamente as aspirações económicas dos países da região. Face a essa ameaça, Chakwera defende acções conjuntas para vencer os desafios impostos pela pandemia. Lamentou ainda que a SADC esteja longe de alcançar as metas de vacinação e lamentou o acesso desigual das vacinas.

“Temos que combater o nacionalismo tóxico, que impede que países como os da SADC tenham o direito de fabricar as suas próprias vacinas para ajudar nos esforços de vacinação da sua população.”

Chakwera reiterou ainda que “temos que ser vigilantes face às ameaças de instabilidade. Não devemos nos arrepender de ter tomado decisões rápidas para garantir a segurança nos países membros”, numa alusão ao envio da tropa em Estado de Alerta da SADC.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos