O País – A verdade como notícia

Cerca de 70% de doentes com COVID-19 chegam ao hospital em estado grave

Segundo o Ministério da Saúde, a situação sobrecarrega o pessoal de saúde e está a contribuir para o aumento de mortes. As autoridades insistem na necessidade de prevenção e alertam que, caso as infecções continuem a aumentar ao actual ritmo assustador, mais pessoas podem morrer de forma alarmante no país.

Segundo a directora nacional de Assistência Médica, Luísa Panguene, é o aumento das contaminações que está a influenciar no número de mortes pela COVID-19. E, mais do que isso, os hospitais estão a receber, de uma só vez, muitos pacientes que chegam em estado grave, gerando sobrecarga aos profissionais na linha da frente.

Panguene disse, ainda, que o abandono do tratamento por parte de pacientes com doenças crónicas está a contribuir para o aumento das taxas de mortalidade por COVID-19.

Face a esse cenário, as autoridades de saúde alertaram que o pior pode, ainda, estar por vir, caso as pessoas não cumpram, com meticulosidade, as orientações sanitárias para prevenção do Coronavírus.

A responsável pela Assistência Médica apelou às pessoas, de um modo geral, para não desprezarem os sintomas do novo Coronavírus, visto ser este um dos problemas que tem causado o agravamento do estado de saúde dos infectados.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos