O País – A verdade como notícia

Cerca de 400 famílias queixam-se de usurpação de terras em Tete

Cerca de 400 famílias queixam-se de estarem a ser usurpadas terras pelo Fundo de Fomento para Habitação na província de Tete. O espaço havia sido concebido há 17 anos para a construção de residências, mas até hoje o projecto não avançou.

O caso remonta desde 2001, quando o Fundo de Fomento para Habitação pediu para remover um total de 400 famílias no bairro de Mpadue, em Tete, para dar lugar a um projecto de construção de moradias para jovens recém – graduados.

De lá a esta parte, o projecto não andou, tendo sido apenas construídas cinco casas e os nativos decidiram voltar ao local.

Por outro lado, o delegado do Fundo de Fomento de Habitação é acusado de ter parcelado vários terrenos da zona em causa e ter vendido e distribuído a familiares.
O delegado confirmou a nossa reportagem ter distribuído parcelas de terra aos seus familiares.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos