O País – A verdade como notícia

Cerca de 300 passageiros impedidos de viajar devido ao cancelamento de voos da LAM

Mais de 300 passageiros das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) em Maputo estiveram impedidos de viajar, na manhã desta quarta-feira, devido a cancelamentos de voos. O problema dura há uma semana e atingiu o pico nos últimos dois dias devido a dificuldades financeiras da companhia para abastecer as aeronaves.

Trata-se de aeronaves que deviam ter levantado voo para Beira e Nampula. Alguns passageiros viram-se prejudicados com esses cancelamentos.

“Ainda não sabemos oque vai acontecer nas próximas horas. Está a desgastar todos nós e a todos níveis, temos compromissos sérios e esse cancelamento vai trazer consequências negativas no trabalho que tenho a fazer”, desabafou um passageiro.

E o problema de Maputo afecta outros destinos. É que são as mesmas aeronaves que transportam os passageiros que estão na mesma situação nos aeroportos da Beira, Quelimane e Nampula. Os passageiros queixam-se de não serem informados sobre as razões dos cancelamentos.

Só por volta das 11 horas desta segunda-feira é que partiram os primeiros voos.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos