O País – A verdade como notícia

Cerca de 2.8 milhões de pessoas estão vulneráveis à seca no país

Cerca de 2.8 milhões de pessoas em 27 distritos do país estão vulneráveis à seca. A informação foi avançada, hoje, pelo primeiro-ministro na abertura do Simpósio de Estratégias para o Desenvolvimento das zonas áridas e Semi-áridas.

“A nossa visão sobre a redução da vulnerabilidade consiste numa abordagem integrada para a redução de perda de vidas humanas e meios de subsistência bem como a prevenção de surgimento de novos riscos de desastres. Esta abordagem visa reforçar a capacidade das comunidades para fazerem face aos desafios colocados pelos impactos das medidas climáticas. É neste âmbito, que estamos a apostar na construção de infra-estruturas para captação e conservação da água, restauração do meio ambiente natural e de paisagem”, disse o PM

Do Rosário disse ainda que deve-se continuar a identificar estratégias apropriadas para identificação de respostas para o problema das calamidades naturais.

“Contudo, reconhecemos que ainda há muito por fazer por forma a cobrir cada vez mais distritos com o programa de construção de reservatórios escavados e furos multiusos. O nosso maior desafio, do momento, é assegurar a disponibilidade de água para o consumo humano, igualmente a produção de alimentos bem como para disponibilizar água para os animais, nas zonas propensas à seca”
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos