O País – A verdade como notícia

Cerca de 13 milhões de pessoas estão retidas na Ucrânia

Cerca de 13 milhões de ucranianos estão retidos nas áreas afectadas pelo conflito e sem meios para fugir, devido à destruição de estradas e pontes. A informação foi avançada ontem pela Organização das Nações Unidas.

A guerra na Ucrânia fez com que mais de três milhões de pessoas fugissem do país, segundo o balanço da Organização das Nações Unidas, divulgado na sexta-feira, confirmando também o abrandamento do fluxo migratório nos últimos dias.

O número de pessoas que procura fugir dos combates e das condições de vida cada vez mais difíceis na Ucrânia caiu para menos de 100 mil por dia, desde o dia 22 de Março.

Entretanto, o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Refugiados anunciou que cerca de 13 milhões de ucranianos estão retidos nas áreas afectadas pelo conflito, pois não conseguem sair do país, devido à destruição de estradas e pontes, entre outros factores.

Entre as pessoas que conseguiram fugir da Ucrânia, cerca de 90 por cento são mulheres e crianças. A Organização das Nações Unidas estima ainda que há quase 6.5 milhões de deslocados no interior da Ucrânia.

Antes do conflito, a Ucrânia tinha uma população de mais de 37 milhões de pessoas nos territórios controlados pelo governo de Kiev. Neste momento, a Polónia acolhe mais de metade de todos os refugiados que fugiram desde o início da invasão russa.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos