O País – A verdade como notícia

Cataratas: Médicos efectuam 500 cirurgias em dez dias no distrito de Morrumbala

O sector da saúde na província central da Zambézia está a levar acabo uma mega campanha de cirurgias de cataratas no distrito de Morrumbala. A campanha iniciou no passado dia 19 e vai terminar no próximo dia 29 em função da demanda de pacientes, de ponto de vista de procura daqueles serviços. Isto é se mais pacientes procurarem aqueles serviços acima do número previsto o período marcado para o término poderá ser prolongado como forma de devolver a visão aos pacientes.  A equipa médica espera operar perto de 500 pessoas.
 
Na verdade trata-se de mega campanha que abrange pacientes oriundos de cinco distritos da região Sul da província da Zambézia nomeadamente Morrumbala, Derre, Mopeia, Luabo e Chinde. A equipa médica em serviço na operação de cataratas já efectuou acima de 150 cirurgias e a meta prevista é abranger 900 doentes. Para tornar possíveis as actividades, governo e parceiros disponibilizaram perto de oitocentos milhões de meticais para garantir a logística dos trabalhos.
 
Dant Teref, médico oftalmologista no terreno diz que as actividades estão a correr como o desejado e que tudo está a ser feito para abranger maior número de pacientes. "Está tudo a correr bem e já operamos casos de cataratas incluindo três crianças com cataratas congénita. Em condições normal com a técnica que estamos a usar um dia depois da operação os resultados de cura já começam a ser visíveis" disse o médico para quem devolver a visão de pessoas que a muito vinham sofrendo está a ser maior orgulho".
 
Com a colaboração da equipa destacada nos trabalhos, o processo de cirurgias começa com palestra aos pacientes para que cada um saiba que tipo de operação vai ocorrer. "Regra geral é verdade que todos ficam assustados mas é fundamental que cada um saiba e como médicos temos o dever de explicar. Mas através da experiência que partilhamos com outros pacientes ficam mais tranquilos o que os permite entrar mais tranquilo na sala de cirurgia".
 
Em média cada cirurgia leva dez a doze minutos. Dados do sector da saúde indicam que ao nível da Província da Zambézia com destaque para os distritos de Quelimane, Inhassunge, Gurué, Nicoadala, Namacurra entre outros já foram operados 892 pessoas com problemas da catarata.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos