O País – A verdade como notícia

Casos da COVID-19 tendem a disparar desde o início deste mês

Mais 2068 pessoas têm COVID-19 no país. Os dados são das últimas 24 horas e indicam que os casos tendem a agravar-se, este mês, depois de cerca de três meses de abrandamento.

O mês de Julho foi difícil no tocante à propagação da COVID-19. É que foi o período em que o país teve o recorde de 2.460 casos e 34 óbitos em 24 horas e houve ocupação de todas as camas nos centros de isolamento, por isso foi preciso reforço nas unidades sanitárias. E, assim, pairava a nuvem negra da terceira vaga no país.

Após o pico, veio o abrandamento, mas foi sol de pouca dura. Chegado Dezembro, reiniciou outra luta titânica contra a COVID-19. Só esta terça-feira, 2068 pessoas testaram positivo à COVID-19, cinco pessoas perderam a vida e 29 foram internadas, uma situação que contrasta com a realidade de há exactos 30 dias, ou seja, 21 de Novembro em que não houve registo de novas infecções.

Ao todo, em Novembro, houve o registo de 256 casos e, desde 1 de Dezembro a esta parte, foram detectados 10.977 casos, 42 vezes mais do que o registado no mês passado.

No último dia do mês de Novembro, havia apenas quatro pessoas internadas e o maior número de pessoas no leito hospitalar ao mesmo tempo foi de 10, mas, em 21 dias de Dezembro, 165 pessoas foram internadas, estando, no momento, 77 no leito hospitalar.

Quanto mais casos e internamentos o país regista, a tendência dos óbitos também tende a crescer e, este mês, 16 pessoas já perderam a batalha contra a COVID-19, quando, em Novembro, houve o registo de 10 mortes.

Este mês, também aumentaram os casos activos. A 30 de Novembro, havia apenas 89 pessoas com o vírus activo no organismo e, agora, há 10.047, número quase 113 vezes maior que o de Novembro. Isso indica que há mais pessoas a contraírem o vírus do que a recuperar-se.

A Cidade de Maputo é a província com mais casos (4.422), seguida de Maputo Província com 3.230 e Gaza com 866.

Niassa é a província com menos casos – actualmente com 13.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos