O País – A verdade como notícia

Carimo diz haver condições para arranque do recenseamento eleitoral nas zonas devastadas pelo Ciclone

O Presidente da Comissão Nacional de Eleições, Abdul Carimo, diz haver condições para o arranque do recenseamento eleitoral a 15 de Abril, nas zonas devastadas pelo Ciclone Idai e na província de Cabo Delgado onde tem-se registado ataques de insurgentes.

São 45 dias a contar a partir de 15 de Abril corrente para recensear 13 milhões de potenciais eleitores no país e no estrangeiro. Este processo vai arrancar numa altura em que o país ainda se ressente do impacto do ciclone IDAI. Aquele órgão de gestão eleitoral diz já estar no terreno, sendo que o objectivo é o de recensear até ao último cidadão com idade eleitoral.

Para a província de Cabo Delgado, onde há distritos em que algumas populações estão dispersas devido a acção de insurgentes, Abdul Carimo, diz haver garantias de protecção do pessoal pelas Forças de Defesa e Segurança.

Quanto à proposta da Renamo de adiar o recenseamento eleitoral por mais 45 dias, o presidente da CNE entende ser uma opinião daquele partido, entretanto avançou que o seu organismo irá obedecer o decreto do Conselho de Ministros que determina o arranque do processo para 15 de Abril.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos