O País – A verdade como notícia

Candidato presidencial do partido AMUSI inicia campanha em Nampula

O candidato presidencial do partido AMUSI (Acção de Movimento Unido para Salvação Integral), Mário Albino, lançou a sua campanha eleitoral na cidade de Nampula com uma caravana que terminou na zona do mercado da Faina onde foi inaugurada uma nova sede.

Praticamente sem muitos meios de propaganda como camisetas e panfletos, Mário Albino justificou que ta situação deve-se ao facto de a Comissão Nacional de Eleições não ter canalizado o dinheiro publico destinado ao financiamento da campanha eleitoral, quando a legislação determina que o mesmo deve ser disponibilizado 21 dias antes do arranque da campanha eleitoral.

“Lamentar o comportamento da Comissão Nacional de Eleições que esta amarrada às orientações do partido Frelimo. Até hoje não libertaram fundos para a campanha eleitoral para o AMUSI. Sabemos muito bem que aquele triângulo de partidos que se sentem donos do país já se beneficiou desse dinheiro”, criticou.

Quanto ao seu manifesto eleitoral, Mário Albino falou da priorização das vias de acesso, com particular destaque para a Estrada Nacional número 1. “Temos o problema pontual que é a situação da estrada nacional que deve deixar de ser vergonha. Basta Mário Albino tomar posse vamos transformar a estrada nacional em auto-estrada porque aquela estrada deve simbolizar a unidade dos moçambicanos do Norte, Centro e Sul”.

No dia de hoje, membros e simpatizantes daquela formação politica não fizeram campanha. Reservaram o dia para uma capacitação dos membros sobre o processo eleitoral, enquanto aguardam pela disponibilização de dinheiro do Estado para iniciar o trabalho de conquista do eleitorado fora da cidade de Nampula.

“Estramos preparados, com as malas feitas para fazermos a digressão a nível nacional”, anotou Albino, não tendo revelado a data em que efectivamente vão se fazer em peso nesta jornada de conquista do eleitorado rumo às eleições de 15 de Outubro.

O partido AMUSI existe há quatro anos e concorre para as presidenciais, legislativas e para as Assembleias provinciais.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos