O País – A verdade como notícia

Cancro da mama: Diagnóstico precoce pode reduzir taxa de mortalidade no país

O cancro da Mama é o mais associado com a morte em mulheres adultas no país e no mundo. As autoridades de saúde alertam para que se faça diagnóstico precoce para se prevenir e reduzir a taxa da mortalidade que tende a aumentar de ano para ano.

Foi por simples auto exame que Delaila Tajú descobriu um nódulo na mama esquerda que mais tarde foi diagnosticado como sendo um tumor maligno do estágio três. Uma realidade que viria mudar uma vida. Hoje depois de passar por muitos momentos Delaila é tida como uma mulher lutadora, corajosa e solidária, esta última qualidade sobretudo por quebrar o silêncio e partilhar a sua experiência.

“Tive que passar por uma cirurgia para remoção da mama esquerda, para o tipo de cancro que eu tinha o tratamento adequado era a quimioterapia e fiz 27 sessões”, contou Tajú.

A Universidade Lúrio que acolheu a palestra sobre o cancro da mama acredita que a experiência da Delaila vai despertar a sociedade na região norte do país.

“Pensamos que a experiência da Delaila pode ser indutora, uma experiência no sentido das mulheres perceberem que podem ser donas do seu destino”, disse Francisco Noa, reitor da UniLúrio.

No local a exposição Outubro Rosa, “Cancro tem cura entre de peito nesta luta” retrata algumas situações vividas por Delaila Tajú.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos