O País – A verdade como notícia

Campeonatos nacionais em África com nova calendarização

A Confederação Africana de Futebol (CAF), reunida em uma sessão ordinária do Comité Executivo, decidiu pela padronização do calendário futebolístico de todos os países do continente, a partir de 2019, que passa a iniciar em Setembro de um ano e terminar em Maio do ano seguinte.

Esta é uma das decisões tomadas pelo Comité Executivo da CAF, reunido em Casablanca, Marrocos, na reunião que antecedeu o início do Campeonato Africano das Nações para jogadores que actuam no continente, o chamado CAN-Interno. As decisões foram tornadas públicas pelo respectivo presidente do organismo que tutela o futebol africano, Ahmad Ahmad.

A grande revelação da reunião, tem que ver com a padronização do calendário futebolístico dos países africanos, como forma de criar um mesmo espírito nas equipas e nas federações nacionais. Assim, contrariamente ao que acontecia, em que alguns países tinham o calendário europeu, que inicia em Setembro e termina em Maio, casos da África do Sul, enquanto outros tinham o calendário americano, que inicia em Fevereiro ou Março e termina em Novembro, casos de Moçambique e Angola, a Confederação Africana de Futebol determinou que a época futebolística passa a iniciar em Setembro de um ano e termina em Maio do ano seguinte.

Para o caso de Moçambique, Angola e outros países que realizam as competições de Fevereiro e Março a Novembro, a CAF apela para a realização de uma competição que inicie em Dezembro deste ano até Maio de 2019, de modo a permitir que o defeso seja entre finais de Maio e início de Agosto, para que a temporada seguinte inicie em Setembro de 2019 e termine em Maio de 2020.

Competições africanas de clubes passam a ser a meio da semana

Outra das decisões tomadas pela Confederação Africana de Futebol, na reunião do Comité Executivo, realizado a 10 de Janeiro passado, é relativo às datas das provas africanas de clubes. Assim as provas continentais de clubes, nomeadamente a Liga dos Campeões e a Taça CAF ou Taça Nelson Mandela, passam a ser jogadas também a meio da semana, como forma de prejudicar as provas internas, uma vez que as equipas que chegavam longe nas competições africanas, passavam a ter cinco a seis jogos de atraso em relação a outras equipas.

Desta forma, a pré-eliminatória das duas competições africanas, Liga dos Campeões e Taça CAF, realizam-se entre 9 a 11 de Fevereiro, a primeira mão, sexta a domingo, enquanto a segunda mão terá lugar entre os dias 20 e 21 (terça e quarta-feiras).

Os dezasseis-avos-de-final das duas competições disputam-se entre 6 e 7 de Março (terça e quarta-feira) a primeira mão e entre 16 a 18 (sexta-feira a domingo) a segunda mão.

Vale isto dizer que a União Desportiva de Songo e o Costa do Sol vão entrar em competição nas afrotaças nos dias 9, 10 ou 11 de Fevereiro, e primeira mão, devendo jogar a segunda mão entre 20 e 21 a segunda mão.       

A partir de 2018, as indemnizações dos árbitros designados para as partidas da CAF serão pagas directamente pela CAF. Essa decisão histórica é uma materialização de uma promessa de campanha pelo presidente da CAF. Até agora, os regulamentos exigiam que as associações de acolhimento pagassem essas indenizações. A decisão reduz o encargo financeiro para as associações nacionais e também elimina um desafio ético porque remove a suspeita percebida entre as associações nacionais e os árbitros.

Validação de candidatos para as quatro vagas no Comité Executivo da CAF, para o qual uma eleição será organizada durante a Assembléia Geral Ordinária em 2 de fevereiro de 2018 em Casablanca;

Aprovação do calendário das competições interclub para o ano de 2018 (clique aqui) e modificação dos regulamentos destas competições, com um sorteio adicional antes do estágio das quartas-de-final.

Implementação em 2018 da Resolução do Simpósio de Futebol Africano de uma mudança de periodicidade para competições de clubes. A próxima temporada, uma transição começará em dezembro e terminará em maio de 2019 com uma aplicação mais rigorosa dos regulamentos do Licenciamento do Clube. Até 2019, o ciclo será executado de setembro a maio do ano seguinte.

Como parte dos preparativos para Total CHAN Etiópia 2020, uma equipe de inspeção da CAF realizará uma inspeção no país durante o primeiro trimestre de 2018.

O kit "fieldwiz", um dispositivo tecnológico para um melhor acompanhamento dos desempenhos dos jogadores, já oferecido pela CAF para as cinco equipes qualificadas africanas para a Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018, também será doado para as outras 49 Associações de membros.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos