O País – A verdade como notícia

Camões inaugura Bienal Internacional de Maputo

A informação é avançada pelo próprio Centro Cultural Português em Maputo. Às 18h de quinta-feira, haverá a inauguração da 1ª edição da Bienal Internacional de Maputo – Habitantes do Desenho, uma mostra colectiva de 13 artistas plásticos de Moçambique, Portugal e Brasil. A cerimónia será realizada institucionalmente, com transmissão em directo pelas redes sociais e a exposição abrirá as portas ao público no dia 11, às 11h.

Segundo lembra a nota de imprensa do Camões, a nível nacional já se realizaram anteriormente duas edições da exposição Habitantes do Desenho, em 2013 e 1016, mas, pela primeira vez, a iniciativa toma o formato de Bienal, abrindo as portas ao contexto internacional e apresentando uma selecção de  mais de 50 obras inéditas de desenho da autoria de: Carmen, Engrácia Cardoso (PT), Famós, Ídasse, Luciana Hess (BR), Luís Cardoso, Luís Santos, Mendonça, Mudaulane, Neto, Samuel Djive, Silva Dunduro e Walter Zan.

A nota avança ainda que o objectivo da reunião de talento e criatividade é homenagear o desenho enquanto prática artística de representação e conhecimento do mundo, revelando-se como base de trabalho comum de qualquer um dos artistas selecionados.

O projeto da exposição Bienal Internacional de Maputo – Habitantes do Desenho conta com o patrocínio do BCI, com o apoio do Atelier Hoya, da Layout e da Moldarte e estará patente em Maputo desde dia 11 de Dezembro a 13 de Fevereiro de 2021, de segunda a sábado, entre as 11h00 e as 17h00.

Como é habitual nestes dias, a cerimónia de inauguração será reservada a um número restrito de convidados e respeitará todas as medidas adequadas de higiene e segurança.

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos