O País – A verdade como notícia

Calor tórrido leva multidão à praia da Costa do Sol em Maputo

As zonas sul e centro do país estão a ser fustigadas por uma vaga de calor tórido, com temperaturas que variam entre 38 e 45 graus Celsius, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INAM). Nas cidades de Maputo e da Matola algumas pessoas deslocaram-se à praia da Costa do Sol para passar este domingo, dia em que os termómetros para as duas urbes apontavam para 41 graus Celsius. Aliás, em Tete, o distrito de Zumbo atingiu 43 graus Celsius, informou o INAM, esta tarde.

Um fim-de-semana passado de baixo de calor intenso. Centenas de pessoas colocaram a praia da Costa de Sol abarrotada, este domingo. Algumas para mergulhar, outras para aproveitar a sombra das casuarinas e outras ainda para diversão.

Edno Mhula e Arcelia Ngomane, residentes no município da Matola, escolheram a Costa de Sol para colocar a conversa em dia e reflectir sobre o casamento que se avizinha. O noivo disse que num dia excessivamente quente como o deste domingo a única alternativa era recorrer à praia.

A noiva destacou o  ambiente ordeiro na praia da Costa do Sol, sobretudo no que à prevenção da COVID-19 diz respeito.

Se o ambiente é calmo na praia da Costa do Sol, apesar da enchente, o mesmo não se pode dizer em relação à poluição ambiental no local: cacos de vidro foram espalhados um pouco por todo lado, incluindo na água onde estavam os banhistas. Plástico e outro tipo de lixo também via-se naquela praia.

O INAM avisou que este domingo seria o dia de pico de temperaturas bastante quentes no sul e centro do país, prevendo-se, a partir desta segunda-feira, uma ligeira descida de temperatura.

Jose Savanguane, meteorologista em serviço este domingo no INAM, explicou ao “O País” que as temperaturas são relativamente mais altas, mas haverá “descidas bruscas e isso cria situaçãoes de desconforto para as pessoas”.

Com essas alterações, em que num dia a temperatura atinge 40 graus Celsius e no outros 25, pode haver problemas de saúde.

Em situações de temperaturas excessivamente quentes, as autoridades sanitárias recomendam a tomada de medidas preventivas, tais como evitar exposição ao sol, o consumo de bastante água, manter-se em locais frescos e bem arejados, evitar também o consumo de  bebidas alcoólicas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos