O País – A verdade como notícia

Brazão Mazula descrito como um académico “patriota e multifacetado”

O Instituto Para Democracia Multipartidária (IMD), em Parceira com o Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos (MJCR) homenageiam, hoje, Brazão Mazula, no âmbito da sua contribuição para o fortalecimento da democracia em Moçambique.

Durante o discurso da abertura do evento, na UEM, o inspetor do Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Jorge Ferreira, em representação da Ministra da Justiça, Assuntos constitucionais e Religiosos, Helena Kida, reconheceu a contribuição singular e colectiva de Brazão Mazula nos marcos da História do País.

“Brazão Mazula é o patriota que aceitou liderar o primeiro processo das eleições no país, através da Comissão Nacional de Eleições”

Num documentário exibido no evento, Dom Dinis Sengulane referiu que “a calma, a sabedoria e a humildade do professor Mazula contribuiram para que o processo caminhasse nos caris.”

No seu percurso, Mazula publicou livros de referência para o processo de governação no país.

Esta é a primeira de um ciclo de homenagens que o IMD pretende fazer, ao longo deste ano, em reconhecimento do contributo dos diferentes actores políticos, económicos, sociais e académicos, para o desenvolvimento do país.

1

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos