O País – A verdade como notícia

Brasileiros marcham em defesa da Amazónia e contra Bolsonaro

Várias pessoas, entre as quais artistas, políticos e intelectuais brasileiros, marcharam ontem, na praia do Ipanema, em defesa da Amazónia e contra o presidente, Jair Bolsonaro.

Os manifestantes empunhavam cartazes onde se lia frases como “Queimem os fascistas, não o bosque” ou “Quanto vale o ar que respiras?”

O cantor Caetano Veloso, que também fazia parte dos manifestantes, disse que se juntou ao protesto para lutar pela natureza e contra as decisões que estão a ser tomadas pelo actual governo.

Caetano Veloso classificou como "inaceitável" a "postura oficial" de Bolsonaro no que ao Meio Ambiente diz respeito.

"Estou aqui para erguer a bandeira da preservação ambiental. Os incêndios na Amazónia reforçaram a importância de fazê-lo", afirmou o cantor.

No protesto de domingo participaram também, entre outros, a cantora Maria Gadu, o 'rapper' Criolo, as atrizes Sónia Braga, Maitê Proença e Alinne Moraes, o jornalista norte-americano Glenn Greenwald e o ex-ministro do Ambiente Carlos Minc, actualmente deputado estadual, que descreveu Bolsonaro e o actual detentor da pasta do Ambiente, Ricardo Salles, de "autênticos exterminadores do futuro sustentável".

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos