O País – A verdade como notícia

Boris Johnson ameaça expulsar deputados rebeldes do seu partido

Aumenta tensão no governo e parlamento britânicos sobre a possibilidade da saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo, tal como planeja o novo primeiro-ministro Boris Johnson.

O governo britânico de Boris Johnson ameaça expulsar do seu partido todos os membros que se opuserem à saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo. O parlamento britânico vai tentar a partir de amanhã uma moção de censura contra o governo. 

Esta terça-feira, o parlamento britânico vai arrancar com as actividades de uma semana, antes de ser suspenso por cerca de um mês. Em corrida contra o tempo, a oposição parlamentar tem buscado apoio de alguns deputados do partido no poder para avançar com uma moção de censura contra o governo de Boris Johnson que insiste num brexit sem acordo. 

Esta segunda-feira, uma fonte governamental próxima ao Primeiro-Ministro britânico, citado pela agência britânica Reuters, disse que Johnson tem ameaçado os membros do seu partido conservador com expulsão caso votem contra o brexit sem acordo.

Os rebeldes conservadores poderão perder qualquer oportunidade de candidatar-se pelo partido no poder nas próximas eleições. Caso governo dos conservadores seja derrotado esta semana, o Reino Unido poderá convocar eleições gerais antecipadas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos