O País – A verdade como notícia

Boby, um campeão que nada sete km por treino

Gregorio Paltrinieri dominou desde o primeiro instante. O italiano, campeão do mundo dos 800 metros livres, entrou na água com o objectivo de conquistar a medalha de ouro no regresso da distância aos Jogos Olímpicos.

Nos últimos 100 metros, cedeu. E Robert Finke, que até então estava a passar despercebido dentro do anonimato de quem ainda não tem grandes títulos na carreira, acelerou até ser o primeiro a tocar na parede.

O nadador norte-americano de apenas 21 anos, que para os amigos é apenas Bobby, conquistou uma medalha de ouro na estreia em Jogos Olímpicos e apresentou-se ao mundo – numa surpresa que só não é a maior da natação em Tóquio porque Ahmed Hafnaoui, o tunisino de 18 anos, ganhou nos 400 metros livres.

Apesar de ter entrado na final apenas com o 23.º melhor tempo das eliminatórias, Finke foi mais forte do que Paltrinieri, que ficou com a medalha de prata, foi mais forte do que Romanchuk, que ficou com o bronze, e deixou uma candidatura à prova de 1.500 metros livres, onde também vai competir.

Nascido em Tampa, na Flórida, dificilmente Robert Finke não seria nadador profissional. A mãe, Jeanne, nadou pela Ball State University, no Indiana; o pai, Joe, foi treinador do clube St. Petersburg Aquatics, na Flórida; a irmã mais velha, Autumn, nadou pela University of Florida; e a outra irmã mais velha, Ariel, nadou pela Florida State University.

Para além de representar o clube onde o pai era treinador, Robert seguiu o caminho da irmã Autumn e foi através da University of Florida que chegou aos trials norte-americanos, onde assegurou o apuramento olímpico para os 800 e os 1.500 metros livres.

Atleta fundista, especialista nas distâncias mais longas, Robert Finke faz sete a oito quilómetros por treino, sendo que praticamente todos os nadadores de alta competição fazem dois treinos por dia, ou seja, o norte-americano nada entre 14 a 16 quilómetros diários.  Finke, naturalmente, disse que só queria competir nos Jogos Olímpicos. Mas Finke competiu, surpreendeu e ganhou.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos