O País – A verdade como notícia

Biden diz que “americanos não podem morrer em guerra que afegãos não querem combater”

Depois da tomada de Cabul, no Afeganistão, pelos talibã, o presidente dos Estados Unidos fez uma declaração ao país onde falou sobre os passos que o país irá tomar. Para Joe Biden, “os líderes políticos fugiram do país, as forças militares afegãs desistiram de combater”.

Biden, citado pelo Notícias ao Minuto, acrescentou que os Estados Unidos “deram todas as oportunidades” para os afegãos decidirem o seu próprio futuro mas, “o que não lhes podemos dar é a vontade de combater por ele”.

“Há algumas unidades militares afegãs que são, de facto, muito bravas, mas o Afeganistão não foi capaz de criar resistência contra os talibã e, sem isso, não há hipótese”, e, assim, mesmo com tropas norte-americanas durante “mais um ano, mais cinco anos, mais vinte anos”, o presidente afirma que “não faria qualquer diferença”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos