O País – A verdade como notícia

Beira necessita de 20 milhões de euros para reabilitar 100 km de rede de esgoto

As obras de reparação de emergência do sistema de esgotos da cidade da Beira, que colapsou, entraram, esta quinta-feira, na sua fase crucial com a montagem de betão da tubagem danificada e, dentro de uma semana, o problema estará minimizado. Dos 187 Km de rede de esgoto do Chiveve, apenas 86 estão em boas condições.

Há cerca de duas semanas, o município anunciou, através do seu director do Serviço Autónomo de Saneamento da Beira, que parte da rede do esgoto dos bairros de Macúti, Ponta-gêa e Maquinino tinha colapsado e que a rede estava a funcionar com deficiência. Assim, recorreram-se a bombagens alternativas enquanto se concerta a tubagem.

“No entanto, não são meios que nos garantem muito tempo. Temos pouco tempo para repormos a linha dos esgotos danificados, pois os nossos poços, que acumulam as águas, estão no limite da sua capacidade”, disse Moisés Chinene.

Devido a este facto, as obras de emergência temporárias ora em curso há cerca de duas semanas estão a ser aceleradas no local, onde decorre a primeira intervenção, no bairro do Maquinino e, esta quinta-feira, iniciaram os trabalhos de betonagem dos tubos danificados.

“O dia de hoje é determinante, porque nós vamos completar a intervenção intermediária e, como estamos a trabalhar o betão, temos de dar tempo de cura e, de acordo com os nossos cálculos, ao longo da próxima semana, estaremos a tapar com nova terra os locais abertos, pois a anterior sofreu bastante com as águas negras que saíam pelos tubos danificados”, explicou Chinene.

As próximas intervenções estão previstas para os bairros de Ponta-gêa e Macúti. “Nas obras do projecto de reabilitação do sistema, que decorreu de 2007 a 2012, apenas cerca de um terço da rede de esgoto da Beira, ou seja, 86 km dos 187 existentes é que foram intervencionados. Portanto, um pouco pela cidade da Beira, temos tubagem de esgotos danificados. Estamos em contacto com a União Europeia com vista a angariar fundos suficientes para a reabilitação de toda a rede, orçada em mais de 20 milhões de euros. Estamos agora a discutir o plano director de saneamento da urbe”.

Refira-se que o sistema de esgotos da Beira foi construído na década 60.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos