O País – A verdade como notícia

Batata reno está a apodrecer no Mercado Grossista do Zimpeto

Foto: O País

Como consequência do fraco movimento registado nos últimos dias de Dezembro último e nestes primeiros dias do ano 2022, a batata reno está a apodrecer no Mercado Grossista do Zimpeto. Para minimizar os prejuízos, os vendedores baixaram os preços.

Como tem sido habitual após as festas, muitos importadores e revendedores de batata reno no Mercado Grossista do Zimpeto, Cidade de Maputo, estão a registar prejuízos. Alguns importaram muita batata e agravaram o preço na quadra festiva, mas agora está em queda. Contra toda expectativa, mais uma vez a procura baixou. Para salvar o pouco que resta, Zefanias Mazive optou por reduzir o preço.

“O preço do produto não subiu tanto assim, não estava tão caro, mas as pessoas não estão a comprar como na quadra festiva. Ultimamente, não há falta de produto, temos batata e cebola nacional, mas não compram. Quando chega este período, cada vendedor tenta ganhar alguma coisa, então na nossa cabeça ainda existe aquela ideia de que é Dezembro e temos que ter mais lucro e elevar o negócio e acabamos por ter quedas”, disse Mazive.

Joaquim Manhique já contabilizou cerca de dois mil quilogramas que teve de tirar do seu camião para o lixo. “Em Dezembro, compraram, mas, do dia 31 de Dezembro até cá, não compram. E quanto ao preço, um saco de batata que estava a 280 agora baixou para 170 Meticais”, referiu.

 

LIXO ATENTA CONTRA SAÚDE NO GROSSISTA

Se por um lado há batata a apodrecer e o preço em baixa, por outro há imundície que está a atentar contra a saúde pública dos utentes – há montões de lixo e água estagnada que causam mau cheiro.

Luísa Manjate diz não compreender como é que um mercado daquela dimensão e com dinheiro que gera diariamente não consegue remover o lixo. “Estamos mal com este lixo; tentaram removê-lo, mas não conseguiram e estamos aqui sem saber o que fazer”, disse Manjate.

Maria Júlio, utente do mercado, diz estar assustada com o nível de imundície que assola o mercado. “Isto é perigoso para a nossa saúde, muito lixo e muita água suja. Há risco de contrairmos doenças aqui”, alerta.

Sem gravar entrevista, a Direcção do Mercado Grossista do Zimpeto garantiu que vai remover aquela imundície.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos