O País – A verdade como notícia

Barragem de Macarretane pronta para abastecer água a 12 mil produtores

O Presidente da República inaugurou, hoje, as obras de reabilitação da Barragem de Macarretane, no distrito de Chókwé, província de Gaza. Trata-se de uma intervenção iniciada em Fevereiro de 2019 e tinha em vista a reparação de parte da estrutura que sofreu corrosão causada pela descarga excessiva de água a partir de 2000. Esses episódios repetiram-se nos anos subsequentes, o que colocava em risco toda a estrutura daquela barragem construída entre 1953 e 1955.

Com a reabilitação ora efectuada, está garantida a estabilidade da estrutura e o abastecimento de água a cerca de 12 mil produtores do Regadio de Chókwè.

E porque a barragem construída na Bacia do Rio Limpopo comporta duas pontes, sendo uma rodoviária e outra terrestre, Filipe Nyusi destacou a importância estratégica daquela infra-estrutura para a economia da província, em particular, e o país em geral.

“No ano passado, quando decidimos reabilitar essa barragem, sabíamos que se tratava de um trabalho crucial para o desenvolvimento desta região. Os distritos de Mapai, Chicualacuala, Mabalane dependem desse projecto. Por aqui passam carros e comboios que dinamizam a economia da província de Gaza, sem se esquecer que esta via permite a ligação com o Zimbabwe”, detalhou Filipe Nyusi na sua intervenção, para depois falar da importância que a barragem tem para o sector agrícola.

“Estamos também numa zona altamente produtiva, que precisa ser tratada com toda a seriedade para assegurar o desenvolvimento da província de Gaza e de Moçambique em geral. Estamos satisfeitos porque esta infra-estrutura poderá garantir a irrigação entre 30 e 35 hectares de áreas de cultivo no Regadio de Chókwè. Vai também assegurar também a irrigação de 19 hectares no Baixo Limpopo. Essa mesma água pode ser aproveitada para o consumo humano e do gado”, descreveu o Chefe de Estado.

Noutro desenvolvimento, o Presidente da República falou de outro projecto que visa garantir uma melhor gestão de dois problemas climáticos cíclicos naquela província: a seca e as cheias. “Enquanto não tivermos uma barragem em Mapai, não poderemos mitigar os efeitos desses fenómenos. Como Governo, estamos a trabalhar nesse projecto, e, na altura exacta, iremos nos pronunciar sobre o mesmo”, prometeu sem avançar datas.

As obras de reabilitação da Barragem de Macarretane custaram certa de 8 milhões de dólares financiados pelo Governo, com apoio do Banco Mundial.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos