O País – A verdade como notícia

Barracudas conquistam Cidade de Maputo em Natação

Fotos: O País

O Clube Barracudas de Maputo é o vencedor absoluto do Campeonato da Cidade de Maputo em Natação, com um total de 2,453 pontos, numa prova que contou com a participação de quatro equipas. Tubarões e Golfinhos ficaram nas posições que fecham o pódio, enquanto o Ferroviário foi o último.

Para muitos um ilustre desconhecido. A verdade, porém, é que o Clube Barracudas de Maputo já estava a escrever a sua história. De um simples “outsider”, provou o contrário na Piscina Raimundo Franice, vencendo a competição da capital do país.

Na classificação em femininos, o Clube Barracudas terminou com 1.157.50 pontos, seguido do Clube dos Desportos Tubarões de Maputo, com 798.50 pontos e o Clube de Natação Golfinhos de Maputo, com 236 pontos, a fechar o pódio. As meninas do Ferroviário de Maputo terminaram em quarto e último lugar.

Já em masculinos, o novo clube de natação não conseguiu superar a grandeza do Clube Tubarões, que levaram o troféu, com 1.344.50 pontos. O Barracudas terminou em segundo com 1.199.50 pontos, fechando o pódio os Golfinhos de Maputo, com 306 pontos. Neste escalão, os “locomotivas” da capital terminaram fora do pódio, com apenas 25 pontos.

Estes resultados de ambos sexos deram uma vitória segura do Barracudas, na classificação geral, com 2.453 pontos, mais 228 pontos em relação aos Tubarões de Maputo, que ficaram na segunda posição, com 2.225 pontos. Os Golfinhos de Maputo terminaram em terceiro, com 566 pontos, enquanto o Ferroviário de Maputo confirmou a perda da hegemonia nesta modalidade, ao somar apenas 34 pontos e fora do pódio.

Os vencedores destacaram o trabalho que vêm realizando ao longo deste tempo em que se firmaram como clube, bem como o esforço feito pelos nadadores para que o objetivo do resultado chegasse.

Vale lembrar que esta prova decorre ainda no âmbito das medidas de prevenção da COVID-19 e, por isso mesmo, muitos clubes não tenham participado, pelo facto de não estarem ainda a trabalhar.

 

BATIDOS 22 RECORDES NACIONAIS E DA CIDADE

A competição da Cidade de Maputo, que decorreu de 19 a 28 de Novembro corrente, teve 20 recordes batidos, entre nacionais e da cidade, com destaque para Matthew Lawrence, que sozinho bateu cinco recordes.

Cleyton Munguambe também esteve em evidência ao bater quatro recordes nacionais e da cidade, enquanto Justino Pale bateu três recordes, sendo um nacional e dois da cidade.

Hugo Bardas, Abdul dos Santos e Ahllan Bique bateram um recorda nacional cada um deles, perfazendo 15 recordes individuais batidos.

No que às provas colectivas diz respeito, sete recordes caíram, entre nacionais e da cidade. Na estafeta infantil, os Tubarões bateram quatro recordes nacionais e da cidade, sendo que na estafeta sénior o mesmo clube bateu dois recordes nacionais.

O Barracudas de Maputo bateu o recorde de estafeta júnior.

A competição serviu também para a preparação do nacional, que terá lugar no próximo mês. Serviu ainda de preparação para os atletas que no próximo mês irão participar numa competição internacional, na vizinha África do Sul.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos