O País – A verdade como notícia

Banco Mundial apoia vítimas dos desastres naturais com USD 90 milhões

O Banco Mundial vai doar 90 milhões de dólares norte-americanos em apoio às vítimas dos desastres naturais na região centro de Moçambique. Estima-se que serão abrangidas 3.360.000 pessoas, das quais mulheres e crianças em idade escolar.
 
“Ao aprovarmos este financiamento, os meus pensamentos vão para as vítimas do ciclone IDAI e da actual estacão de cheias no centro de Moçambique. Garantiremos que os 90 milhões de USD sejam disponibilizados para ajuda de emergência assim que o projeto entrar em vigor,” observou Mark Lundell, director do Banco Mundial para Moçambique.
 
O valor provém da Associação Internacional para o Desenvolvimento (IDA) e será canalizado ao “Programa de Gestão de Risco de Desastres e Resiliência do Governo de Moçambique”, segundo um comunicado de imprensa enviado à nossa redacção.
 
Segundo Mark Lundell, o programa em questão “visa precisamente fortalecer a capacidade do governo em responder rapidamente e construir mais resiliência nas comunidades para futuros riscos climáticos”.
 
Para o Banco Mundial, evidências mostram que os pobres tendem a suportar o peso dos riscos naturais causados pelas mudanças climáticas, dado que são os menos preparados e têm capacidade financeira limitada para lidar com os efeitos das mudanças climáticas.
 
Ademais, a exposição de Moçambique a choques climáticos é agravada pelos efeitos da mudança climática, o que requer o fortalecimento da resiliência financeira do país.
 
Contudo, sem mudanças na política de gestão e financiamento dos desastres climáticos, as mudanças climáticas podem causar prejuízos económicos de até 7,4 bilhões de dólares até 2050 em Moçambique, Michel Matera. especialista urbano sénior do Banco Mundial e líder da equipe do projecto acima referido.
    

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos